WordCamp Porto 2016

Vídeo

Em 2016, Portugal conta novamente com um WordCamp, desta feita na cidade Invicta.

Este ano haverá novidades no formato do evento, com o objectivo de continuar a fazer crescer a família WordPress Portugal.

O WordCamp Porto será daqui a 1 semana nos dias 14 e 15 de Maio e o ISEP voltará a ser o ponto de encontro.

Mais informações no site do WordCamp Porto 2016

PLOW | why are we here?

Vídeo

PLOW helps you focus on the content that is most likely to reward your attention by pooling together the collective wisdom of people that share your interests. All of us, individually, are content scouts. But scouting for worthwhile content should not be a lonely affair.

 

More info: plow.io

Biancoshock: “WEB 0.0”

Vídeo

Nem sempre se consegue aceder à internet e as ligações telefónicas não são propriamente exemplares. Em Civitacampomarano, pequena aldeia italiana na província de Campobasso, as pessoas comunicam à maneira antiga. São pouco mais de 400 os habitantes, quase todos idosos, e a tecnologia não faz parte do dicionário deles. O artista urbano Fra Biancoshock já nos habituou às suas intervenções pouco convencionais (como a das bolhas de plástico anti-stress que instalou em paragens de autocarro) e incómodas (numa passagem pelo Porto, em 2014, criou um trabalho sobre os sem-abrigo que era um murro no estômago: “You cant’t change your life, You can change your dreams”). Biancoshock é, usando as palavras dele, um “efemerealista” com a missão de produzir obras de arte efémeras no espaço mas eternas no tempo. Foi o que tentou fazer em Civitacampomarano. Ali pode não haver vida 2.0 mas as funções das redes sociais estão todas preenchidas: uma cabine telefónica em vez do WhatsApp, um marco de correio a substituir o Gmail, um mural onde se colocam avisos para servir de Facebook, uma moto de três rodas a fazer a função do We Transfer, uma loja de portas abertas que é um eBay real ou a habitante Zia Cesira, uma verdadeira Wikipedia. São apenas alguns exemplos. “A ideia provocadora é mostrar que essas funções virtuais, consideradas pela grande maioria da população como necessárias e essenciais para a vida quotidiana, também existem no país onde a conexão é difícil de alcançar”, escreveu na descrição do projecto Web 0.0 o artista que vive em Milão. Esta “internet da vida real” quer mostrar que estes instrumentos tecnológicos sempre existiram, nas tradições e cultura popular. Há vida para além do ecrã.

via Público

Mais de 60% dos utilizadores do Facebook ligam-se a partir de dispositivos móveis

Imagem

facebook-ios-application

Usar o smartphone ou o tablet para aceder ao Facebook é cada vez mais comum. Mais de 60% da comunidade global faz isso, mas os valores rondam os 80% em países como os EUA ou o Reino Unido.

No trimestre terminado em junho, a rede social contabilizou 469 milhões de utilizadores móveis diários em todo o mundo, num crescimento de 10,3% face aos 425 milhões registados nos três meses anteriores.

De forma diferente do que tinha sido feito até agora, em que apresentavam apenas dados gerais por regiões, os responsáveis do Facebook vão passar a descriminar os valores de utilização mensal e diária por país, tendo já revelados dados para alguns mercados, como é o caso do Reino Unido e dos EUA.

Por terras de sua majestade, 83% dos 24 milhões de utilizadores que se ligam todos os dias ao Facebook fazem-no através do seu smartphone ou tablet, ou seja perto de 20 milhões.

Entre os 128 milhões de utilizadores diários existentes nos Estados Unidos, 78% (101 milhões) acedem via mobile, mostra o relatório a que a Reuters teve acesso.

Esta é a primeira vez que o Facebook divulga dados de utilização por país, numa estratégia que pretende fornecer aos anunciantes dados mais específicos sobre o alcance da plataforma.

via tek.sapo.pt